1 – Mamãe quero ser fotógrafo!

Então você se decide: Quero ser fotógrafo! Mas e aí? Por onde começar?

A princípio todo trabalho requer o uso de algumas ferramentas, mesmo quando você é a ferramenta principal. Na fotografia não é diferente, aliás, faz juz a este exemplo, pois são muitos os equipamentos que podem ser utilizados na fotografia… muitos mesmo!

Mas antes de entrarmos na questão óbvia que é a aquisição de um equipamento básico para iniciar seus estudos na fotografia há uma pequena dúvida que gostaria de abordar agora. Compro o equipamento primeiro para fazer um curso de fotografia ou faço um curso de fotografia primeiro e compro o equipamento depois?

É uma dúvida pertinente pois a resposta não é tão obvia assim e este pode ser seu primeiro passo bem dado na fotografia. Vamos aos pontos relevantes.

Se você compra o equipamento primeiro e vai fazer o curso depois, corre o risco de você perceber que comprou um equipamento errado, que não era necessário ou que não lhe servirá para o que você gostaria de fazer na fotografia. Por outro lado, fazer um curso de fotografia sem o equipamento básico (no mínimo uma câmera) é a mesma coisa que aprender a dirigir na teoria, ou seja, você pode até saber sobre como fotografar, porém, não haverá a prática, o feedback, não verá o resultado. E em termos de fotografia eu afirmo… é a prática o melhor método. Mas isso não nos dá a possibilidade de não precisarmos de um bom curso e a prática sem direcionamento pode se tornar um grande desperdício.

Então, o que fazer?

Partindo do princípio que você não possui nenhum membro da família ou amigo fotógrafo e não sabe absolutamente nada de fotografia, particularmente me baseio em duas situações para indicar o que fazer neste caso. A primeira é quando você tem grana… e a segunda é quando você não tem! Sim. Equipamentos fotográficos são caríssimos e geralmente os primeiros são financiados ou adquiridos em algum tipo de negócio não comum, onde você adquiriu o dinheiro com a venda de um carro ou moto, recebeu algum valor significativo de alguma forma, mas que isso não é rotina em sua vida. Portanto, começar errando pode significar um atraso enorme para muitos iniciantes que não tem a oportunidade de simplesmente trocarem seus equipamentos e podem levar um tempo enorme também para conseguir os equipamentos certos.

Se o seu caso for o segundo (sem grana) comece procurando por informações na internet, como blogs, forums e sites de venda de equipamentos fotográficos. Converse com fotógrafos da sua cidade e pergunte o que eles utilizam. Questione quem trabalha ou sabe de fotografia qual seria um equipamento adequado para você iniciar a prática fotográfica. E caso não tenha chegado a uma conclusão definitiva, comece o curso de fotografia mesmo sem equipamento nenhum, pois o(a) professor(a) será um grande aliado neste caso e certamente lhe indicará algo adequado à sua situação, seja ela qual for.

Mas se você chegou a uma conclusão em suas pesquisas, adquirir o equipamento antes de começar o curso pode lhe render quase que o curso inteiro de uma forma muito melhor, pois você já terá tido a oportunidade de ler todo o manual da sua câmera, flash (ou qualquer outro equipamento que tenha adquirido), certamente já terá brincado muito com ele e ao dar início a um curso seu aproveitamento poderá ser incrivelmente superior economizando este tempo de procura, aquisição e familiarização com o equipamento, pois mesmo sem produzir algo bom certamente iniciará seu curso com várias dúvidas e buscando pelas respostas certas.

Mas não se preocupe, pois haverá muito tempo após o curso para você praticar… mais precisamente o resto de sua vida! E o fato de você ter ou não o equipamento antes de dar início a um curso de fotografia não define seu rendimento, mas sim sua determinação, sua seriedade, seu desejo pela fotografia.

Um erro frequentemente cometido pelos iniciantes é achar que por ter adquirido o equipamento e ter feito algumas fotos onde percebeu a qualidade como sendo boa, muito diferente daquelas outras câmeras, se acha muito confiante e capaz ao ponto de não mais precisar do curso. Erro comum e perigoso! Estou dizendo aqui apenas um momento da história toda. Adquirir antes ou depois o equipamento, fazer o curso antes ou depois. Mas deve-se fazer o curso sim, pois não é só sobre configurações, ajustes e teorias que estamos falando. Estamos falando também sobre contato, interação, participação, prática, experiências, etc, tudo que não aparece frequentemente em manuais ou tutoriais. E não será só um curso não! Verá com o passar do tempo que vai precisar de mais cursos, conhecer mais pessoas, saber de novas técnicas, aprender novos métodos, etc. É aprendizado… e este nunca deve parar.

Não sabendo o que fazer, busque sempre informações primeiro para depois fazer algo. Principalmente quando a grana é curta e você não pode se dar ao luxo de errar em coisas tão caras.

Até a próxima!

Anúncios

2 comentários sobre “1 – Mamãe quero ser fotógrafo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s