Câmeras Fotográficas (35mm)

A câmera fotográfica é o equipamento responsável por captar a luz, formar a imagem e armazená-la. Cada câmera possui características distintas para uma determinada utilização, portanto, antes de comprar a sua faça uma analise do que você realmente precisa, de quais situações você irá fotografar com frequência e da forma de utilização.

Existem, no meu entendimento, dois tipos de câmeras: As compactas e as DSLR (Digital Single Lens Reflect). As compactas são mais limitadas em suas configurações e opções de ajustes e não possuem lentes intercambiáveis. Já as DSLR possuem maior possibilidade de configuração e ajustes e possuem várias lentes que podem ser trocadas de acordo com a necessidade.

Para quem quer se aventurar de veradade no mundo da fotografia, seja como amador ou profissional, deve adquirir uma DSLR, pois é nela que você terá a chance de aprender todos os conceitos de fotografia (velocidade do obturador, abertura do diafrágma, sensibilidade do ISO e a fotometria e utilização da luz). Não abordarei as câmeras compactas aqui mas futuramente farei uma postagem sobre elas.

As pricipais diferenças na utilização de uma câmera de acordo com as situações mais frequentes para a fotografia são:

  • Megapixels – interfere no tamanho do arquivo da imagem e em sua ampliação posteriormente.
  • Burst ou Disparo Consecutivo – número de fotos que se pode fazer em sequência por segundo.
  • ISO – capacidade de sensibilidade do ISO e o ruído provocado pelo mesmo.
  • Sensor – full frame ou croped (sensor completo ou recortado)
  • Valor – dinheiro, grana, bufunfa, cofrinho, money, bala na agulha (geralmente a característica que mais interfere na hora da escolha da câmera… rsrsrsrs)

Estas características são as responsáveis por determinar que tipo de câmera seria mais adequada para você de acordo com a situação onde você mais frequentemente utilizará a mesma. Vamos a alguns exemplos:

Vou trabalhar com books e retratos!

  • Uma câmera com até 18 Megapixels cumpre tranquilamente este tipo de trabalho
  • Você terá tempo para produzir a cena e será um clique por vez, portanto, o burst não é fundamental aqui
  • Você terá maior controle sobre a luz, então não trabalhará com ISO elevado e não terá ruído que prejudique sua imagem.
  • Um sensor full frame seria o mais adequado em termos de qualidade, mas o sensor cropado funciona muito bem aqui.
  • Com essas caractarísticas sua câmera pode ser uma das mais baratas.

Vou trabalhar com fotojornalismo, cobertura de jogos, esportes e acontecimentos nas ruas!

  • Uma câmera com mais megapixels seria interessante, pois as fotos serão editadas pela redação e geralmente são recortadas, o que implica na perda de grande parte do arquivo e da qualidade do mesmo, mas graças à qualidade dos materiais de impressão como jornais e revistas uma câmera com até 18 Megapixels também costuma dar conta do recado tranquilamente.
  • Você não poderá perder lances, momentos por conta de um burst lento, portanto uma câmera de 6 ou 8 fps (frames per second – quadros por segundo) ou acima (quanto mais melhor) se faz necessária nessas situações.
  • Geralmente não terá controle sobre a luz, estará na rua, ou algo acontece à noite, portanto uma câmera com um ISO elevado e sem muito ruído é muito importante.
  • O uso de teles (lentes de longo alcance) são comuns aqui, então o uso de uma câmera com sensor cropado também é legal, pois ela amplia as distâncias focais das lentes (Ex: lente 100mm numa câmera com sensor cropado com fator de conversão de 1.6 se torna uma 160mm).
  • É uma outra categoria de câmera e provavelmente será um pouco mais cara.

Vou trabalhar com festas noturnas e casamentos!

  • Além de não ter total controle sobre o ambiente você fará edições mais pesadas nas fotos, muitos cortes para montagem de álbuns, portanto, quando mais megapixels… melhor.
  • Um burst razoável é interessante, pois há situações em que vc não vai querer perder um momento sequer. Como tudo acontece mais tranquilamente nessas situações um burst normal, razoável, supre tranquilamente as necessidades.
  • Agora sim, você precisará da maior qualidade possível com ISOs elevados, pois será comum a utilização deles à noite.
  • O sensor full frame também ajudará no quesito luz e qualidade. Muito adequado aqui, mas os sensores cropados também fazem este serviço com muita qualidade.
  • Se prepare, pois essas são as mais caras. Mas também você está recebendo adequadamente para isso, não é mesmo?

Estes foram só alguns exemplos e por favor lembrem-se que isto é apenas o ideal, porém, com ajustes e equipamentos adequados vc consegue uma boa qualidade em qualquer situação. Isto trata-se de conforto, tranquilidade e profissionalismo, pois com qualquer uma dessas câmeras é perfeitamente possível experimentar todas estas situações. Apenas umas serão melhores do que outras.

 

Não é brincadeira conhecer tudo o que uma câmera dessas pode oferecer, portanto, leia o manual dela! Leia, releia, leia denovo e leia sempre que precisar! É muuuuuita coisa! E quanto mais familiarizado você estiver com o seu equipamento melhor será a qualidade final do seu trabalho, independente de qual equipamento seja.

Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s