Doppelgänger – A semelhança através do tempo e espaço.

07-Nicolae-Grigorescu-Orlando-Bloom

Às vezes temos a sensação de que tudo é completamente único e diferente. Por um lado, sim, mas por outro às vezes até assusta o quão parecidas e semelhantes as coisas e as pessoas se apresentam neste mundo, fazendo parecer que nossa matriz de possibilidades não é tão infinita quanto imaginávamos.

 

Neste apanhado de fotos de pessoas antigas sendo comparadas com pessoas da atualidade nota-se claramente este fato e transmite a sensação de que tudo, de alguma forma, está fechado dentro de um número X de possibilidades e que  as coisas se repetem.

 

Vale a pena conferir! Clique na imagem para ver a matéria. 🙂

 

Anúncios