Gracie Hagen – Ilusões do corpo

gracie hagen

Quando dizemos que a fotografia é simples e ao mesmo tempo muito complexa é exatamente sobre esse tipo de coisa que este post fala.

Eu mesmo em minhas aulas não canso de afirmar: Fotografia são apenas 4 coisas: Velocidade, Abertura, ISO e luz. Não existe nada além disso. Porém, ao mesmo tempo, fotografia é tudo, é todo o resto que interfere na composição de uma imagem, ou seja, não há limitação de conhecimento para se fazer uma foto. Você pode estudar fotografia a vida toda que não saberá, no fim, de tudo que poderia ter feito com a fotografia. Não pela técnica em si, a parte da fotografia prática, que se resume naqueles 4 pilares mesmo. Mas a fotografia arte, a arte de fotografar.

Física, química, matemática, línguas, engenharia, mecânica, biologia, biblioteconomia, psicologia, medicina, administração, direito, filosofia, história, geografia, aeronáutica, educação física, artes cênicas, etc, etc, etc… todas as áreas do conhecimento são poucas para definir um fim para a fotografia. É uma estrada onde não se sabe onde vai chegar e nem é este o objetivo desta caminhada, mas sim a própria caminhada.

Neste trabalho de Gracie Hagen ele explora a questão corporal e suas ilusões de aparência, sentimentos e comportamentos. Ilusões sim, porque se trata exatamente do mesmo corpo. Isso nos remete a vários questionamentos existenciais e filosóficos como quem realmente somos nós? Se nosso corpo diz muito a nosso respeito? Se nossa postura é a grande responsável pelas ilusões criadas na cabeça das pessoas a nosso respeito? Bom, é muita coisa a se pensar. E fazer uma visita ao trabalho deste artista é no mínimo uma proveitosa viagem de exploração. Quando mais se aprofundar, melhor será a viagem.

Curtam e compartilhem para que mais pessoas possam fazer esta viagem também! 🙂

 

gracie hagen | illusions of the body.

Los rostros del aborto clandestino

Um trabalho fantástico que tem esquentado a discussão sobre a legalização do aborto na Argentina. Vale a pena ver e pensar sobre. Confiram!

Sobre o aborto clandestino

Guadalupe Gómez Verdi, de Argentina; Lisa Franz, de Alemania y Léa Meurice de Francia

viaEn fotos: Los rostros del aborto clandestino – BBC Mundo – Video y Fotos.